Forum GW
Bem Vindo Ao Forum GW !
Registre,aprenda e compartilhe o os conhecimentos no mundo dos games!

Ned For Seepd - Undercover

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ned For Seepd - Undercover

Mensagem por Lééo em 21/3/2011, 16:33



Se você é fã, mas fã mesmo da série Need for Speed, tenho a certeza de que após experimentar os últimos jogos da franquia (entenda isso como os games que sucederam NFS: Underground 1 e 2), você deve ter se perguntado ao menos uma vez: "Meu Deus, o que está acontecendo com Need for Speed?".

Pois é, você e muitos outros fãs da série devem ter se perguntado isso muitas vezes e ficaram com a triste certeza de que apenas voltariam a jogar um futuro título da série NFS porque são realmente aficionados pela franquia, pois se fosse outro game dificilmente isso aconteceria.

Todo gamer com um mínimo de consciência sabe muito bem que a franquia Need for Speed não anda bem das pernas nos últimos anos. Apesar de a EA ter trabalhado na evolução da série a cada ano, algo não vem dando certo prejudicando muito a imagem de uma das maiores série de corrida da história dos games. A aclamada jogabilidade dos dois games de maior sucesso da série, Underground 1 e 2, simplesmente desapareceu dando lugar a versões de jogabilidade completamente desastrosas para a franquia, sendo o lamentável NFS Pro Street o auge dessa incompreensível queda nos padrões dos games NFS.

Muitos não têm dúvida de que um dos grandes fatores que contribuíram para essa decaída de NFS foi o desenvolvimento/lançamento da série Burnout pela EA, que parece ter monopolizado todas as atenções da empresa. A nova série da EA se valeu de muitos elementos que haviam sido criados originalmente na série NFS, como a jogabilidade de mundo aberto, o que fez com que a nova franquia competisse diretamente com Need for Speed. Numa tentativa de colocar a série novamente nos trilhos, a Black Box (estúdio terceirizado da EA, responsável pelo desenvolvimento da série NFS) experimentou trazer de volta em Pro Street a antiga fórmula de circuitos fechados dos primeiros games NFS, porém, o resultado foi completamente frustrante.
Voltando à fórmula de jogabilidade de mundo aberto, Need for Speed Undercover é mais uma tentativa frustrada de trazer a série aos seus melhores tempos. Apesar da mudança, o game parece ser destinado unicamente aos gamers casuais devido a sua apresentação e ao seu baixo nível de dificuldade. O fato de o game não impressionar e falhar em muitos aspectos é quase que irrelevante se formos analisar mais amplamente o fato de que a série Need for Speed simplesmente perdeu o seu rumo, e pelo jeito que andam as coisas vai ser muito difícil achar o caminho de volta.

Além de suas falhas, Need for Speed Undercover também representa um passo para trás na história dos games de corrida em geral. Com ótimos games de corrida como Burnout Paradise e Midnight Club: Los Angeles disponíveis no mercado, simplemente não há razão para escolher Undercover entre esses títulos. Em grande parte isso se deve ao fato de o game não explorar ao máximo o potencial de seus ambientes de mundo aberto. A principal razão de existir esse tipo de ambientação em games é pelo fato de os gamers poderem explorar livremente o ambiente do jogo, encontrar novos desafios e algumas atrações escondidas, o que melhora consideravelmente a experiência de jogo. É só lembrarmos de Underground para que se entenda o significado disso. Porém, nenhum pouco disso do que foi dito acima acontece em Undercover.
Diferentemente do que acontecia em Underground, onde você tinha que sair pilotando pela cidade para encontrar novas lojas, campeonatos, corridas, garagens, etc., em Undercover você não tem que fazer isso em nenhum momento. Até mesmo para iniciar corridas isso não existe pois todas elas aparecem automaticamente no mapa de jogo, e tudo o que você tem que fazer é simplesmente apertar um botão na tela de jogo para iniciar as corridas, ou então selecioná-las no próprio mapa. Meio chato, né?

A única maneira de você poder pilotar livremente pela cidade com algum objetivo é quando você estiver fugindo da polícia, seja numa missão ou simplesmente porque você quis sair quebrando a cidade para ter alguma emoção no game, mas fora isso não há absolutamente razão nenhuma para ficar dirigindo por aí, já que em Undercover você também não poderá chamar outros carros para disputar um racha com você.

Outro fator que decepciona em relação ao mundo aberto do game é quando você participa das corridas. O game fecha as ruas formando um circuito, até aí tudo bem, porém você não vê qualquer tipo de movimento ou tráfego nas ruas da cidade, e para um game com ambientação de mundo aberto isso é, no mínimo, inexplicável, certo? Ou seja, se você está correndo numa cidade, onde está o restante da vida dela? Isso pode parecer pouco, mas esse fator diminui drasticamente a dificuldade do jogo, que já não é muito alta, o que com o passar das horas de jogo vai te frustrando muito já que o desafio vai deixando de existir.

Apesar de tudo, nem todos os eventos do jogo são tão lamentáveis como esse, porém eles também não são tão incríveis quanto você possa estar esperando. Um dos eventos de NFS Undercover é o desafio em que você deve se manter na liderança da corrida por um determinado tempo. O conceito desse evento é muito legal em si, porém se fosse bem executado. Nesse tipo de disputa fica muito clara a deficiência da inteligência artificial dos seus adversários, basta você passar pelo seu oponente que fica muito fácil de ganhar a disputa, principalmente se você estiver correndo numa estrada, pois muito provavelmente o seu adversário irá bater em algum outro veículo e ficará para trás. Em alguns momentos, você ficará tão à frente de seus oponentes que será possível parar completamente no meio da pista e depois continuar novamente sem qualquer tipo de ameaça à sua liderança.
Bom, só pelo que foi dito até agora já dá para concluir: Need for Speed Undercover é um game muito fácil. Aliás, extremamente fácil... Você vai ver que na maioria das corridas você irá vencer com uma vantagem para o segundo colocado de uns trinta segundos ou mais, e isso mesmo com um carro ainda sem qualquer tipo de preparação. Só para se ter uma noção, consegui vencer disputas contra Porsches e Lamborghinis com o meu Chevrolet Camaro, algo quase que impossível de acontecer na realidade. E nem precisa dizer que conforme você vai equipando o seu carro as coisas vão ficando mais fáceis ainda.

Apesar de tudo, nem todos os eventos do jogo são tão lamentáveis como esse, porém eles também não são tão incríveis quanto você possa estar esperando. Um dos eventos de NFS Undercover é o desafio em que você deve se manter na liderança da corrida por um determinado tempo. O conceito desse evento é muito legal em si, porém se fosse bem executado. Nesse tipo de disputa fica muito clara a deficiência da inteligência artificial dos seus adversários, basta você passar pelo seu oponente que fica muito fácil de ganhar a disputa, principalmente se você estiver correndo numa estrada, pois muito provavelmente o seu adversário irá bater em algum outro veículo e ficará para trás. Em alguns momentos, você ficará tão à frente de seus oponentes que será possível parar completamente no meio da pista e depois continuar novamente sem qualquer tipo de ameaça à sua liderança.
Bom, só pelo que foi dito até agora já dá para concluir: Need for Speed Undercover é um game muito fácil. Aliás, extremamente fácil... Você vai ver que na maioria das corridas você irá vencer com uma vantagem para o segundo colocado de uns trinta segundos ou mais, e isso mesmo com um carro ainda sem qualquer tipo de preparação. Só para se ter uma noção, consegui vencer disputas contra Porsches e Lamborghinis com o meu Chevrolet Camaro, algo quase que impossível de acontecer na realidade. E nem precisa dizer que conforme você vai equipando o seu carro as coisas vão ficando mais fáceis ainda.

Falando em equipar a sua caranga, a avaliação do sistema de upgrades e compra de carros do game varia de acordo com o gosto de cada jogador. A maioria dos carros ficam bloqueados até você atingir um determinado nível de pilotagem, e mesmo que você tenha grana o suficiente para comprá-los, você terá que esperar um pouco para levá-los para a sua garagem. Eu particularmente gostei desse sistema para esse jogo em especial, pois isso acrescenta um desafio a mais no game, já que praticamente tudo no restante de Undercover não é realmente desafiador. Porém, as coisas mudam um pouco no sistema de upgrades das peças do seu carro. O sistema do game é, no mínimo confuso, pois os níveis de upgrades não são desbloqueados numa ordem que faça sentido. Por exemplo, mesmo que você já tenha diversos carros na garagem só poderá abrir o primeiro pacote de upgrades de peças para eles até uma boa altura do tempo de jogo. Isso poderia ser considerado normal, porém após uma certa quantidade horas jogadas, variando com o seu desempenho, você já poderá comprar carros mais potentes do que os pacotes de upgrades para os carros que você já tem na garagem, com isso esses upgrades passam a perder o sentido.
Bom, mas para conseguir alcançar esses upgrades ou para comprar novos carros para a sua coleção, você deverá aumentar o seu nível pessoal no game. Você irá ganhar pontos de reputação a cada corrida vencida ou a cada manobra feita durante as disputas, como drifts, derrapagens, etc. Toda vez que você dominar uma corrida, o que significa que você não venceu simplesmente a corrida mas também a ganhou com uma considerável margem adicional de tempo, suas habilidades de pilotagem aumentarão. Apesar disso, muitas dessas habilidades não fazem muita diferença para o jogador e significam nada além de um desconto nas peças e acessórios para o seu carro. E novamente comentando sobre o (baixo) nível de dificuldade de Undercover, conforme você vai dominando as corridas mais pontos você vai adquirindo, o que significa que você poderá melhorar mais ainda a sua caranga, e consequentemente, vencer as corridas mais facilmente.

Uma das coisas mais legais em Need for Speed Undercover é, sem dúvida, a apresentação do game e as suas cutscenes com ação de atores reais. Mesmo sendo uma atração muito legal para o jogo, não dá para não fazer uma comparação com os filme clichê da série Velozes e Furiosos. Aliás, as cutscenes e a trama de Undercover são praticamente idênticas aos roteiros batidos da série de cinema, em que você fará o papel de um policial infiltrado no universo do tuning e das manjadas corridas de rua. Sua missão no game é simplesmente prender o chefão e alguns de seus capangas para desmontar uma gangue contrabandista de peças de carro. Acho que você já viu e ouviu algo similar por aí, não é? Pois é, então prepare-se para mais do mesmo em NFS Undercover.

Em vários momentos do jogo você irá assistir a cutscenes com Chase Linh, a sua policial superiora, dizendo o que você terá que fazer na sua próxima missão, além de outras cenas com os membros da gangue em que você está infiltrado te chamando para rachas e outras disputas em algum ponto da cidade. Essas cenas às vezes aparecem no meio do jogo simplesmente do nada e, da mesma maneira que aparecem perdidas, te jogam para uma missão sem que você nem entenda o que está acontecendo direito, e isso diminui muito a naturalidade e fluidez do game afetando ainda mais a já debilitada experiência de jogo de Undercover.

NFS Undercover se resume basicamente a repetitivas missões em que você deverá roubar carros e fazer "entregas especiais", mas, mesmo assim, em nenhum momento do jogo você percebe uma sequência nos fatos da trama, eles simplesmente parecem ser jogados e espalhados sem qualquer ordem que faça um maior sentido para o roteiro do game. Esse poderia ser um fator muito mais elaborado em Undercover, porém, mais uma vez o game deixa a desejar.

Antes aclamados como grande marca da série, os fantásticos gráficos que sempre se destacaram na franquia NFS também desapareceram junto com a sua antiga jogabilidade excelente. Os gráficos não ajudam e apresentam carros apenas razoavelmente detalhados, uma cidade sem qualquer amostra de que há vida naquele lugar. Não há pedestres, há muito pouco tráfego nas ruas o que não nos faz crer que realmente exista qualquer coisa vivendo ou trabalhando ali, além de criar uma atmosfera distante e completamente vazia. E não bastando isso, NFS Undercover ainda apresenta muitos problemas com a taxa de frames mesmo num computador mais avançado.
O modo on-line de Undercover é algo que não pode se botar defeito, apesar de ele ser bem simplista. Você terá três modos de jogo a sua disposição - Cops and Robbers, Circuits and Races e Dashes - sendo que eles são dois na verdade, já que os modos Circuit and Races e Dashes são praticamente idênticos - no primeiro você participará de eventos com um diverso número de voltas e no outro você terá chegada e largada em lugares diferentes. Em Cops and Robbers (também conhecido como o famoso Polícia e Ladrão), você deverá fugir dos policiais e entregar um dinheiro num esconderijo qualquer. E a variedade acaba por aí.

Uma das (poucas) coisas positivas em Undercover é a sensação de velocidade das carangas e dos fantásticos efeitos sonoros dos possantes. Isso é facilmente percebido principalmente quando você pilota carros mais velozes, como, por exemplo, um McLaren F1, e tem a real sensação de que você está voando pelas ruas da cidade. Em geral, os sons do jogo são muito bem produzidos e são extremamente realísticos, mas ainda ficam um pouco distantes da perfeição.
Para nosso desespero, Need for Speed Undercover mais uma vez decepciona os fiéis fãs da série. Mesmo tendo evoluído em relação ao terrível Pro Street, Undercover apresenta uma penca de problemas, tanto técnicos como em termos de design, que influem muito no fator de diversão do game. A jogabilidade de mundo aberto é absolutamente inútil já que você simplesmente não pode dirigir até cada evento espalhado pela cidade, procurar por alguma nova loja de peças ou acessórios, desafiar outros oponentes para um racha ou sair procurando por desafios escondidos. A apresentação do game, apesar de ser quase que uma cópia do clichê Velozes e Furiosos, não deixa de ser uma atração legal do game.

NFS Undercover falha em praticamente todos os aspectos em que deveria fazer a diferença, já que as últimas versões da franquia têm deixado muito a desejar derrubando lá pro fundo do poço a combalida credibilidade de uma das séries de corrida de maior sucesso da história dos games, algo que não pode ser jamais deixado de lado ou esquecido. E é exatamente por causa dessa responsabilidade que devemos cobrar a série NFS, pois a sua história nos obriga a isso. Mas, infelizmente, parece que os desenvolvedores da franquia se cansaram do trabalho árduo de antigamente ou simplesmente perderam o rumo e, para complicar ainda mais o cenário, a concorrência não está para brincadeira com games como Burnout Paradise e Midnight Club: Los Angeles disponíveis no mercado, além de outros pesos pesados.

Need for Speed Undercover é mais uma triste investida da série que parece ter parado no tempo e, pior que isso, não sabe como voltar para os trilhos. Ai, ai... que saudades dos ótimos tempos de NFS Underground 1 e 2...


Fonte:http://www.gamelib.com.br/pc/need-for-speed-undercover/reviews/review-nfs-undercover.html

Lééo
Membro GW

Mensagens Mensagens : 110
Pontos Pontos : 66
Data de inscrição : 06/09/2010
Idade Idade : 17
Localização Localização : São Paulo
100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum